Skip to content

Substituição de combustível reduzirá intensidade de emissões de CO2 em Peregrino

(UTC)
(Foto: Einar Aslaksen / Equinor ASA)

Equinor está substituindo diesel por gás natural como principal combustível para geração de energia nas operações de Peregrino.

Rio de Janeiro, 14 de Setembro de 2022 A Equinor, em nome dos parceiros de Peregrino, anuncia que seu projeto de importação de gás começou a operar no campo de Peregrino, na Bacia de Campos. O gás natural está sendo entregue em Peregrino por meio do gasoduto ‘Rota 2’, da Petrobras.

Veronica Coelho
Veronica Coelho, Presidente da Equinor no Brasil.
(Foto: Alex Ferro / Equinor ASA)

A Equinor realizou uma série de modernizações em Peregrino para diminuir a intensidade de carbono. “Com essas novas melhorias, as reduções na intensidade de emissões do campo serão bastante significativas.”, afirma Veronica Coelho, Presidente da Equinor no Brasil.

Quando a fase 2 de Peregrino estiver em operação, a expectativa é de que a importação de gás natural evite 100 mil toneladas de emissões de CO2 do campo por ano. “Nós teremos uma redução de 80% em consumo de diesel e esperamos que cada barril de óleo produzido por Peregrino agora emita menos 50% de CO2”, acrescenta Veronica Coelho.

Peregrino é o maior ativo operado pela Equinor fora da Noruega. Hoje, o campo consiste em uma unidade flutuante de armazenamento e transferência (FPSO) e duas plataformas fixas. Como parte do desenvolvimento da fase 2 de Peregrino, uma terceira plataforma fixa, Peregrino C, começará a operar no campo ainda neste trimestre.