Mudanças no Comitê Executivo da Statoil

4 de Novembro de 2016 03:00 CET | Last modified 14 de Dezembro de 2018 14:56 CET

Jannicke Nilsson foi indicada para a vice-presidência e para ser a chief operating officer (COO) da Statoil ASA.

Ela assume o cargo de Anders Opedal, que irá comandar o desenvolvimento cada vez mais importante das crescentes operações da Statoil no Brasil, como seu novo presidente.

Jannicke Nilsson assumirá suas novas responsabilidades a partir de 1 de dezembro deste ano, Anders Opedal assumirá as responsabilidades em 15 de janeiro de 2017.

Nilsson responderá ao Presidente e CEO Eldar Sætre, cujo gabinete está localizado em Stavanger, ao passo que Opedal responderá à Lars Christian Bacher, vice-presidente executivo de Desenvolvimento & Produção Internacional. Seu gabinete ficará no Rio de Janeiro.

O atual presidente da empresa no Brasil,  Pål Eitrheim, foi indicado para o cargo de chief procurement officer. Ele responderá à Margareth Øvrum, vice-presidente executiva, e alocada em Stavanger. Não ficou decidido ainda quando Eitrheim assumirá suas novas responsabilidades.

“É um prazer receber Jannicke Nilsson como novo membro do comitê executivo. Ela é uma ótima substituta para Anders Opedal, a quem eu pedi que assumisse um dos cargos mais importantes na Statoil daqui para frente, o de liderar o futuro desenvolvimento das nossas operações no Brasil,” disse o presidente e CEO da Statoil, Eldar Sætre.

“Anders Opedal foi nomeado para o cargo de COO em 2015, e tem sido deste então uma força motriz do nosso esforço de melhorar a segurança e a eficiência das nossas operações. Ele foi crucial no estabelecimento da própria função de COO na organização, e está pronto para assumir o novo desafio de liderar nossas operações no Brasil. Após a aquisição do campo de Carcará, o Brasil será uma área de crescimento muito importante para a Statoil,” diz Sætre.

“Jannicke Nilsson é parte do comitê gerencial da COO, respondendo à Opedal desde a criação da função da COO. Ela tem um sólido histórico, com experiência em diversas funções de gestão em toda a organização, e conseguirá dar continuidade imediata ao trabalho da organização COO”, diz Eldar Sætre.

Jannicke Nilsson atualmente é vice-presidente sênior para os projetos de desempenho operacional da área COO, um cargo que ela ocupa desde 1 de agosto de 2015.

Jannicke entrou para a empresa em 1999 e já ocupou diversos cargos nas áreas de engenharia, pesquisa, operações e liderança.

Jannicke Nilsson iniciou como engenheira de projetos, passou para o cargo de líder de projeto, engenheira de produção, supervisora de produção e gerente de plataforma na Oseberg South.

Ela já foi gerente na Oseberg C e vice-presidente para modificações e portfolio de projetos em DPN(Development Production Norway), bem como vice-presidente sênior para operações no Mar do Norte e para operações no oeste do Mar do Norte, também em DPN.

Ela assumiu o cargo de vice-presidente sênior para a TPD TEX (excelência técnica), quando foi indicada, em agosto de 2013, para líder do programa STEP (programa de eficiência técnica da Statoil).

Jannicke é graduada em ciências da automação e é mestre em ciências cibernéticas/automação de processos pela Universidade de Stavanger.

Anders Opedal atualmente é vice-presidente executivo e chief operating officer, cargo que ocupa desde 1 de abril de 2015.

Anders entrou para a Statoil em 1997 como engenheiro de petróleo na área de operações de Statfjord. Ele já ocupou diversos cargos desde então, nas áreas de perfuração e poços, compras e projetos.

Em 2010 ele foi indicado para o cargo de vice-presidente sênior de projetos em TPD, sendo responsável pela carteira de projetos da Statoil, de aproximadamente NOK 300 bilhões.

Antes de entrar para a Statoil, Anders trabalhou na Schlumberger e na Baker Hughes.

Anders tem um MBA pela Universidade Heriot-Watt e graduação em engenharia pela NTH.