Equinor anuncia nova presidente para o Brasil

22 de Dezembro de 2020 15:46 CET | Last modified 22 de Dezembro de 2020 17:05 CET
Credit-Aline_Massuca-Copyright-FOTO_ALINE_MASSUCAEquinor-Equinor_perfil_022.JPG-1969800.png
Veronica Rezende Coelho (Foto: Aline Massuca)

A nomeação de Veronica Rezende Coelho representa a continuidade da presença feminina no comando da empresa no país.

Veronica Rezende Coelho passará a atuar como presidente da companhia no Brasil a partir de 1º de fevereiro de 2021. Veronica retornou ao Brasil após um ano na Noruega, onde ocupou a posição de assessora especial  do Chief Finance Officer. Ingressou na Equinor em 2007 e ocupou vários cargos de liderança. Em sua última posição no país, atuou como vice-presidente sênior de Estratégia e Portfolio, sendo membro do comitê executivo da Equinor no Brasil.  

“A Equinor construiu, desde 2001, uma organização local forte e muito competente, com uma base sólida em nossos valores. Estou muito orgulhosa com a oportunidade e cheia de energia para dar continuidade à realização  da estratégia do grupo no Brasil. Nossos três pilares estratégicos globais - sempre seguros, alto valor e baixo carbono - direcionam nosso caminho também aqui no Brasil e com isso, geramos valor para a empresa, para nossos acionistas e para a sociedade local”, enfatiza Veronica.  

A Equinor já investiu mais de US$11 bilhões no país e pretende investir mais US$ 15 bilhões até 2030. A empresa possui um portfólio robusto de óleo e gás, com ativos em diferentes estágios, da exploração à produção, e presença também em energias renováveis. 

Veronica irá suceder Leticia Andrade, que desde o último mês de outubro vem acumulando interinamente a posição após o anúncio de aposentadoria de Margareth Øvrum, que deixa a companhia no próximo dia 31 de dezembro, depois de 39 anos de dedicação à empresa. Leticia continuará exercendo a função de vice-presidente de Estratégia e Portfólio.