Equinor alinha parceria na área de Carcará no Brasil

4 de Julho de 2018 08:45 CEST
Renato Bertani (left) and Anders Opedal
CEO Renato Bertani (left), Barra Energia, and Anders Opedal, Brazil country manager. (Photo: Guilherme Botelho / Equinor ASA)

A Equinor e a Barra Energia (“Barra”) assinaram um acordo para a Equinor adquirir a participação de 10% da Barra na licença BM-S-8 na Bacia de Santos, no Brasil. Esta transação permitirá à Equinor e seus parceiros alinhar totalmente as participações entre as duas licenças para a área de Carcará.

No início do mês de junho, a Equinor, a ExxonMobil e a Galp concluíram transações comerciais no bloco BM-S-8 para começar a alinhar as participações acionárias que os três sócios detêm no bloco adjacente Norte de Carcará. O BM-S-8 e o Norte de Carcará, juntos, compreendem a área de Carcará, que contém aproximadamente 2 bilhões de barris recuperáveis ​​de óleo equivalente. A Equinor é a operadora dos dois blocos e tem como objetivo desenvolver o campo unitizado com a ambição de entregar o primeiro óleo entre 2023 e 2024.

O valor total da transação dos 10% de participação da Barra é de US$ 379 milhões, o mesmo valor da transação anterior da Equinor no BM-S-8 com a Queiroz Galvão Exploração e Produção (QGEP), em julho de 2017. O fechamento da transação comercial está sujeito às condições habituais, incluindo aprovação de parceiros e governo, e ajustes de preço considerando a data de referência de julho de 2016. Após o fechamento do acordo, a Equinor pretende vender 3,5% para a ExxonMobil e 3% para a Galp, alinhando totalmente os interesses entre BM-S-8 e Norte de Carcará.

 

BM-S-8 (antes da transação comercial com a Barra)

BM-S-8 (após fechamento de transação comercial com a Barra)

BM-S-8 (após futuras transações comerciais com a ExxonMobil e a Galp)

Norte de Carcará

Equinor

36.5% (operador)

46.5% (operador)

40% (operador)

40% (operador)

ExxonMobil

36.5%

36.5%

40%

40%

Galp

17%

17%

20%

20%

Barra Energia

10%

-

-

-